Boas práticas ambientais na gestão de frota – SG4

Boas práticas ambientais na gestão de frota

Nesta matéria vamos falar de empresas que possuem grandes operações de frota, equipamentos de grande porte, máquinas, implementos e querem pensar em meio ambiente de uma forma mais elevada.

Todos os equipamentos que são combustível a Diesel geram fumaça preta, por isso é preciso ter um tratamento atencioso na regulagem desse dispositivo, das bombas injetoras, visando evitar a emissão desse poluente. Um bom plano de manutenção e tratamento técnico do equipamento é necessário para que haja boas condições operacionais.

Outro ponto importante são os óleos lubrificantes, requerem cuidado na troca, pois são resíduos perigosos classe 1, dessa forma, devem ser descartados em locais apropriados. Muitas empresas buscam parceiros que possuam certificação de disposição e tratamento deste resíduo, para que eles recolham essa substância e façam o processo de re-refinamento. 

Em caso de vazamento de óleo em solo aberto, quando isso acontece a empresa deve ter um plano de combate de emergência para tratamento rápido, como por exemplo, ter ao alcance um kit de contenção e limpeza, material absorvente, para que não haja a contaminação de óleo no solo.

Outro ponto muito recorrente é a coleta seletiva de materiais plásticos, papel, vidro e outros, para serem encaminhados à reciclagem. São materiais que estão nas atividades cotidianas de toda empresa, por isso, construa e implante metodologias para gerenciar a coleta seletiva.

Para empresas que dispõem de uma grande área de frota e equipamentos concentrados, há também a questão do ruído ambiental, é importante que exista uma avaliação deste ruído e os efeitos que ele tem na circo vizinhança, a fim de trabalhar planos de contenção e barreiras de som, para que a atividade não comprometa os vizinhos e a empresa se enquadre em todas as normas dos órgãos ambientais.

A SG4 Soluções Integradas pode te ajudar a avaliar todas os riscos e implementar a gestão ambiental em sua empresa, conte com nossos consultores especializados.

Para saber mais, acesse nosso vídeo no YouTube:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *